Lagarde
Lagarde

"L'oeuvre tout entière, celle que l'on nomme art,

ne connait ni peuple ni frontière, mais seulement l'humanité"

Vassily Kandinsky.

"A COPA É AQUI"

 

 

A Sra. Irene Gonzalez Pino, Diretora do Banco de La República Oriental del Uruguay e do Espacio Uruguay  São Paulo, em sua programação de Exposições, CONVIDA para a abertura da Mostra “A COPA É AQUI” - A Energia do Esporte Mundial, representada por Artistas Plásticos da Alemanha, Argentina, Bósnia & Herzegovina, Brasil, Egito, França, Marrocos, Polônia e Uruguai.
A Mostra traz 30 das mais de 120 obras, selecionadas e premiadas, em recente Salão, expostas no Memorial da América Latina, interagindo de forma harmoniosa e solidária com as cores e movimentos do esporte e do nacionalismo dos países participantes. Telas, Fotos, Esculturas, Instalações, Livros de Artista, projetando o calor emanado pela realização da Copa do Mundo no Brasil em 2014.

Uma homenagem do Uruguai a duas das condições universais na construção do Consciente Coletivo – a ARTE e o ESPORTE “sem fronteiras”.
Contamos com sua presença.

 

 

Diálogo entre a Arte e o Esporte

 

 

O esporte e a arte são expressões lúdicas valorizadas pelas mais diversas culturas devido à sua inerência
antropológica. A presença do esporte na arte nos interessa na medida em que nos esclarece sobre o papel

do imaginário e da constituição das relações esportivas em todas as sociedades e culturas.

 

 O dialogo entre esporte e arte, como espetáculo cultural, não se dá somente porque o primeiro é tema
para diferentes manifestações artísticas – palavras na literatura, cor e movimento nas artes plásticas, ritmo
na música, falas no teatro, cenas no cinema etc. Ele também ocorre porque há um encontro intersemiótico
(adaptação da linguagem verbal, para não-verbal), influencias e inter-relações múltiplas na própria forma de
organização estética de ambos.

 

 Do ponto de vista das ciências sociais e humanas, a cultura gera reformulações das idéias e
comportamentos por meio de diversas expressões artísticas que se concretizam em nosso dia a dia. Entre
estas expressões especificamos as obras de artes plásticas, que são portadoras tanto de uma representação
sobre o passado, presente e futuro como agentes de transformação nesse percurso.

 

 Ainda sob a ótica das ciências sociais e humanas, o esporte também é uma manifestação cultural e
uma forma de arte. Nesse sentido, as relações entre esporte e arte devem ser compreendidas de múltiplas
formas. Uma delas é a comparação de atletas com artistas e de belas jogadas com obras de arte. Outra é a
utilização de termos artísticos como referência a peculiaridades dos certames esportivos. É comum que o
jornalismo esportivo faça uso de expressões como:

"futebol-arte" (em contraposição a um jogo feio, "de resultados");

"a equipe joga por música" (quando joga unida);

 "o atleta pintou uma aquarela naquela jogada" (quando realiza uma bela jogada);

 "o time jogou como se coreografasse" (quando joga bonito);

"a disputa foi um verdadeiro filme em dois atos" (quando o jogo é emocionante);

 "o jogador está fazendo cena, fazendo cinema" (quando finge algo).

 

Refletindo sobre reações sociais, identificamos que ambos relaxam a censura, libertam o vocabulário, se
reinventam, liberam energia criativa, se utilizam de uma linguagem universal, e claramente, habitam o
inconsciente coletivo. A graça do jogo é mesmo entregar-se. Deixar-se levar pelo movimento mimético ao
qual tanto a arte quanto o esporte convidam.

 

 Esta Mostra de Artes Plásticas, uma coletiva de talentos internacionais, no momento em que o país
recebe o “globo” para apreciar o Esporte, é a homenagem do Banco de La República Oriental Del Uruguay e
do Espacio Uruguay SP a este diálogo.

 

 Uma pincelada, ou um pontapé inicial acerca do papel que o esporte e a arte ocupam na modernidade e
na formação da "sociedade do espetáculo”.

 A COPA É AQUI!

Walter Miranda - Curador


WALTER MIRANDA

Walter Miranda nasceu em São Paulo em 1954 e exerce a profissão de artista plástico desde 1976.

É professor de desenho, aquarela, pastel, nanquim, figura humana e pintura desde 1986.

Presidente eleito da APAP-SP - Associação Profissional de Artistas Plásticos de São Paulo para o período de 2013 a 2015.

Realiza palestras, conferências e workshops em escolas de arte, instituições culturais, faculdades e universidades desde 1983.

Participou do Congresso Mundial sobre a Condição do Artista – UNESCO, Paris, 1997.

Foi Presidente fundador do SINAPESP - Sindicato dos Artistas Plásticos do Estado de São Paulo 1989/1991.

Realizou 19 exposições individuais, 97 exposições coletivas e participou de 54 salões de arte, obtendo 19 prêmios.

Trabalha como designer gráfico, criando logotipos e embalagens, fazendo editoração eletrônica, criando catálogos, folders, folhetos
publicitários etc.

Publica e ilustra diversos jornais e revistas de arte.

É curador de exposições e atua como membro de júri em Salões de Arte desde 1987.

www.miranda.fwmartes.com.br

Version imprimable Version imprimable | Plan du site
© Mina Lagarde Bouhaddane